Pioneiro

Pioneiro

Avaliação do Usuário

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa
 

O Clã Pioneiro é o ramo escoteiro em que ficam os jovens adultos de 18 a 21 anos incompletos de ambos os sexos. O programa educativo e as etapas do pioneiro ou da pioneira visam aumentar a integração do jovem ao mundo, voltando-se ao serviço a comunidade e o exercício de cidadania com base nos valores da Promessa e Lei Escoteira. O lema pioneiro é SERVIR.

A unidade onde ficam os pioneiros e pioneiras é chamado de Clã. o Clã Pioneiro pode ser masculino, feminino ou misto.

O Clã é orientado por um Mestre Pioneiro e/ou uma Mestra Pioneira que podem ter seus assistentes. A Comissão Administrativa do Clã ou o Conselho do Clã é a autoridade para tratar de todos os assuntos internos de administração, finanças, disciplina e programação. O Mestre Pioneiro detém o poder de veto, que deverá exercitar em casos excepcionais de forma a balizar as atividades dentro dos princípios do Escotismo.

 

COMO SURGIU

 

A guerra de 1914, entretanto, impediu que a Sociedade se desenvolvesse. Ao término da guerra, o problema dos jovens assumiu importância maior, por causa dos que descobriram a existência do Escotismo, mas já haviam ultrapassado a idade de 16 ou 17 anos de idade. Assim, em setembro de 1918, foi escrito um folheto intitulado "Regulamento dos Rovers" (Pioneiros), dentro do Movimento Escoteiro. Em 1920 foram publicados, em duas partes, "Notas sobre o Adestramento dos Rovers".

O passo seguinte, importante para o desenvolvimento do Pioneirismo, foi a publicação por Baden Powell de seu livro "Caminho para o Sucesso", com o objetivo de estimular, inspirar e aconselhar os Pioneiros.

 

OBJETIVOS

 

O Pioneirismo é "uma ação ativa e efetiva sobre todos os componentes da estrutura individual" porque cria condições, no sentido de desenvolver, no jovem, os valores referentes à reflexão, à ação e à avaliação, utilizando, para isso, o Clã como meio.

 

A origem do lema pioneiro "SERVIR"

 

O Lema Pioneiro "SERVIR" foi adotado por B.P. com base no escudo de armas do Príncipe de Gales, título que até hoje é utilizado pelo futuro herdeiro da Coroa Britânica.

Se observarmos atentamente o escudo, nos depararemos com um detalhe curioso: a inscrição que se encontra no liste diz "ICH DIEN", que não é um termo da língua inglesa, mas do alemão antigo.

Esse escudo pertencia ao rei João de Luxemburgo, filho do Imperador Henrique VII, da Prússia (atual Alemanha). O rei João foi morto na batalha de Crecy quando combatia a Inglaterra, que estava sob o comando do filho do Rei da Inglaterra, chamado de Príncipe Negro.

Terminado a batalha de Crecy, os estandartes ingleses anunciavam a vitória do Príncipe Negro, que cavalgando pela arena, encontrou o corpo do Rei morto. Sendo informado dos pormenores da morte do Rei, ficou impressionado com a nobreza e dedicação de João, pelo que decidiu levar seu escudo daquele lugar.

Tempos depois, o escudo do Príncipe de Gales estava formado por uma coroa adornada por três plumas de avestruz, em posição assemelhada de uma flor de lis, tendo na parte inferior um listel com os dizeres "ICH DIEN", "EU SIRVO", em língua alemã.

B.P. considerou que a herança que guarda a palavra "SERVIR" é digna de ser portada por todos aqueles que, em suas ações e palavras, demonstram, com orgulho e honra, o espírito de ser um Verdadeiro Pioneiro.

 

A FORQUILHA PIONEIRA

 

A "Forquilha Pioneira" encerra, no seu simbolismo, o firme propósito do Pioneiro Investido de continuar enriquecendo o processo de sua vida por pensamentos e ações melhores, razão porque, o Mestre Pioneiro deve incentivar aos jovens que entram no Clã a se tornarem Pioneiros Investidos, possuindo, cada um, a sua Forquilha.

A Forquilha é feita de um galho de árvore e se constitui de quatro partes:

 

Ponteira: na parte inferior da haste, representa, simbolicamente, a base de toda a vida do Pioneiro, ou seja, seu caráter sem mancha;

Haste: representa o caminho reto que o Pioneiro deve palmilhar, em sua vida, como homem de caráter, consciente de suas responsabilidades;

Nós da haste: são dificuldades, os obstáculos a serem transpostos no seu caminhar pela estrada da vida;

V da forquilha: simbolicamente, é a vitória, coroando uma vida dignificante, honesta, proveitosa.

 

VIRTUDES PIONEIRAS X LEIS PIONEIRAS

 

    * VERDADE. O Escoteiro tem uma só palavra; sua honra vale mais do que a própria vida.

    * LEALDADE. O Escoteiro é leal.

    * ALTRUÍSMO. O Escoteiro está sempre alerta para ajudar o próximo e pratica diariamente uma boa ação.

    * FRATERNIDADE. O Escoteiro é amigo de todos e irmão dos demais Escoteiros.

    * CORTESIA. O Escoteiro é cortês.

    * BONDADE. O Escoteiro é bom para os animais e as plantas.

    * DISCIPLINA. O Escoteiro é obediente e disciplinado.

    * FELICIDADE. O Escoteiro é alegre e sorri nas dificuldades.

    * CONSCIÊNCIA. O Escoteiro é econômico e respeita o bem alheio.

    * PUREZA. O Escoteiro é limpo de corpo e alma.