O que é Ser Escoteiro?

O que é Ser Escoteiro?

Avaliação do Usuário

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa
 

A maioria das pessoas acredita que um escoteiro apenas anda com um bonito uniforme, cumpre todos os dias uma boa ação e passa os fins-de-semana acampando. Com certeza, o Escoteiro faz muito mais do que isso.

O Escotismo é um movimento com o objetivo de complementar a educação do jovem, ou seja, faze-lo aprender alguns conceitos importantes para sua vida em um lugar diferente de sua casa ou escola.

  

GRUPOS ESCOTEIROS? O QUE SÃO?

 

Os grupos escoteiros são organizações onde o Método Escoteiro é desenvolvido, sem fins lucrativos, sem envolvimento partidário e desligadas de qualquer organização governamental. As pessoas que trabalham neles não são remuneradas e exercem este trabalho voluntariamente. No Escotismo não existe distinção de cor, credo ou classe social. Os grupos escoteiros geralmente estão situados em organizações militares, escolas e igrejas e estão subordinados a União dos Escoteiros do Brasil, cuja sede fica em Curitiba.

  

REUNIÕES E ACAMPAMENTOS

 

O Escotismo normalmente ocupa o tempo livre dos jovens e por isso as atividades quase sempre ocorrem aos sábados e os acampamentos nos finais de semana e feriados. Existem, porém, grupos que se reúnem durante a semana.

Os gastos com o escotismo são relativamente baixos, eles consistem basicamente da mensalidade do grupo escoteiro, que cobre as despesas organizacionais do grupo; da matrícula na UEB, que mantém a União dos Escoteiros do Brasil e proporciona que a mesma ofereça cursos e outras atividades relacionadas com o escotismo; do custo do uniforme; das taxas de acampamentos e atividades, que são cobradas para custear a alimentação e o transporte do jovem nestas atividades e de contribuições esporádicas elaboradas pelos próprios escoteiros.

 

FINALMENTE: SE TORNANDO UM ESCOTEIRO!

 

Para se tornar um Escoteiro, inicialmente deve-se procurar um grupo próximo a sua casa e informar-se sobre a existência de vagas. Após isso, o jovem passa a comparecer as reuniões para ir aos poucos conhecendo e se acostumando ao cotidiano de um Escoteiro. Se o jovem se sentir bem e quiser continuar no Movimento, os pais devem preencher um cadastro e o jovem é oficialmente admitido no Grupo fazendo parte, então, da Fraternidade Escoteira.

  

Modalidades

 

O Escotismo, nos ramos escoteiro e sênior, além da modalidade básica, em que predomina o ambiente mateiro e as atividades em terra, pode ser praticado nas modalidades de Escotismo do Mar e de Escotismo do Ar, que se distinguem pelos distintivos e onde se adiciona ao programa do Escotismo Básico a especialização em marinha ou aeronáutica, e as atividades no mar e no ar, respectivamente.

 

Escotismo Básico

 

O Escotismo Básico procura desenvolver nos jovens o gosto pela vida rural e sertaneja, pelas artes e técnicas mateiras, pelo excursionismo, campismo e montanhismo, pelas viagens em todas as formas de transporte, pelas grandes expedições e explorações das regiões desconhecidas, pelo estudo da fauna, flora, mineralogia, geologia e arqueologia e pelos esportes terrestres, incentivando o culto das tradições dos bandeirantes, dos sertanistas e do nosso exército.

 

Escotismo do Mar

 

O Escotismo do Mar procura desenvolver nos jovens o gosto pela vida do mar, pelas artes e técnicas marinheiras, pela navegação a vela e a motor, pelas viagens e transportes marítimos, pela pesca, pelo estudo da oceanografia, pela exploração e pelos esportes náuticos, incentivando o culto das tradições de nossa marinha.

 

Escotismo do Ar

 

O Escotismo do Ar procura desenvolver nos jovens o gosto pelo aeromodelismo, pelos planadores, pelos helicópteros e aviões, pelos problemas de aeroportos, aeronavegação e aeropropulsão, pelo pára-quedismo e pelos esportes aéreos, pelo estudo da meteorologia e da cosmografia, pelos foguetes espaciais, pelos satélites artificiais e pela cosmonáutica, incentivando o culto das tradições da nossa Aeronáutica.