Cruzeiro do Sul

Avaliação do Usuário

Estrela ativaEstrela ativaEstrela ativaEstrela ativaEstrela ativa
 

Cruzeiro do Sul

 

É o distintivo de grau máximo do Ramo Lobinho e para condecorar uma criança que atenda a todos os requisitos é necessária a aprovação da Diretoria do Grupo Escoteiro (ou Unidade Escoteira Autônoma) e a homologação pela Diretoria Regional. O distintivo e o certificado é enviado/emitido pela Diretoria Executiva Nacional. 

 

Quais são os requisitos para a conquista do Cruzeiro do Sul?

• Tenha conquistado todas as atividades previstas no 2º Guia do Caminho da Jângal;

• Tenha participado de, no mínimo, três acampamentos ou acantonamentos;

• Tenha conquistado, no mínimo, cinco especialidades em pelo menos três ramos de conhecimentos diferentes;

• Tenha conquistado uma das quatro Insígnias de Interesse Especial do Ramo Lobinho: Insígnia Mundial Escoteira de Meio Ambiente, ou a Insígnia da Lusofonia, ou Insígnia do Cone Sul, ou a Insígnia da Boa Ação;

• Seja recomendado pelos Velhos Lobos e pela Roca de Conselho por ser um Lobinho dedicado, frequente às atividades da Alcateia e cumpridor da Lei e Promessa do Lobinho.

 

Como é este distintivo?

É um distintivo redondo de tecido azul marinho com 4,5 cm de diâmetro, debruado em amarelo, tendo ao centro o Cruzeiro do Sul, também bordado em amarelo

 

Onde costurar?

O distintivo deve ser colocado na manga direita da camisa.

 

Qual é o prazo para uso do distintivo?

Este distintivo pode ser usado até o jovem conquistar o distintivo Lis de Ouro, ou, caso isto não aconteça, até sua saída do Ramo Escoteiro.

 

Lobinhos condecorados com o Cruzeiro do Sul:

  • Bruno Cezar de Oliveira - 2007
  • João Pedro Völker - 2007
  • João Victor Rodrigues dos Santos - 2007
  • João Vítor Zappala Jungblut - 2010
  • João Antônio Klippel Constanza - 2011
  • Lucas Nunes Ribeiro - 2011
  • Eduardo Muraro - 2011