História

ESCOTEIROS: uma realidade

Há exatos 25 anos, um grupo de pessoas tornou realidade um sonho: o de realizar a fundação do Grupo de Escoteiros do Lindóia Tênis Clube, instituição social que estava comemorando seus 35 anos de existência. Os trabalhos em torno dos escoteiros no clube se iniciaram entre maio e junho de 1990. Neste período, ocorreram inúmeras divulgações e reuniões com o então Comissário do 1º Distrito Escoteiro, Cesar Souza, e o Senhor Luis Fernando Viegas. Eles, junto com a diretoria Cívico Cultural do Lindóia Tênis Clube, Senhor Marcelo e sua esposa, Jussara, criaram um espaço adequado para receber o movimento escoteiro. Porém, era necessário alguém com experiência no escotismo. Assim, os escotistas Divaldo Machado de Souza, e sua esposa, Solange Machado de Souza, vieram a integrar o grupo, trazendo junto os filhos. 

Neste momento, já havia jovens interessados em ingressar no novo grupo. Logo, se trabalhou na capacitação de todos, para que fossem escoteiros do Grupo Escoteiro Arno Friedrich - nome que foi dado ao grupo homenageando o Patrono do Clube e doador das áreas onde o Lindóia tênis Clube esta localizado atualmente. 

A Tropa de Escoteiros Lindóia iniciou com a Patrulha Falcão, composta por sete meninos: Divaldo Machado de Souza Junior, Hermann Bucken, Rudolf, Bucken, Marlon Benites de Souza, Cristiano Vianna, Luis Fernando Viegas Júnior e Emerson Capp Júnior, além de uma alcateia formada de uma matilha com seis lobinhos, dentre eles Eduardo Capp, Márcio José Machado de Souza, Luís Felipe Viegas e Giovanni Diettrich. Assim, foi organizada entre os pais a primeira comissão executiva do grupo tendo como presidente o Senhor Francisco Florinal de Souza Neto, e como Chefe de Grupo o Senhor Luís Fernando Viegas. 

Após muitas atividades e aprendizados aos sábados, foi marcado para o dia 13 de outubro a primeira promessa - data e cerimônia que marcam a fundação de um Grupo Escoteiro. Nas semanas anteriores, o grupo tinha recebido a visita do GE Souza Lobo – 150RS, que foi o padrinho de fundação do GEAF. Nesta mesma época, os escotistas Ricardo de Lima, Sergio de Lima e Marcus Vinicius Nussemayer ingressaram no grupo e compuseram a chefia da Tropa Escoteira com os escotistas Divaldo Machado de Souza e Marçal Martins de Souza Neto.  

Passado alguns meses, e com o acréscimo de mais jovens, formaram-se mais duas Patrulhas na Tropa Lindóia: Lobo e Touro. Houve também a criação da tropa feminina, com uma patrulha de meninas.  

 

HISTÓRIA DO BAIRRO LINDÓIA 

Em 1945, Arno Friedrich mudou-se para as terras onde hoje se localiza o bairro, e deu início ao loteamento, no qual a maioria das casas ali existentes foi construída e vendida pelo loteador. Em 1948, Arno Friedrich fundou a Construtora Continental e, em 1950, decidiu-se pelo planejamento de um grande loteamento, o qual originou o bairro Jardim Lindóia. A denominação, segundo o cronista Ary Veiga Sanhudo, foi escolhido pelo próprio loteador, e foi inspirado no romance “O Uruguai” de José Basílio da Gama, no qual a heroína se chama Lindóia, que seria uma palavra de origem guarani para linda. Localizado entre as avenidas Assis Brasil e Sertório, é um bairro nobre da zona norte da cidade, primando pela estética de belas casas ajardinadas. Os moradores, no início do planejamento, batalharam pela defesa da área exclusivamente residencial. Quanto às opções de lazer, está localizado no bairro o Lindóia Tênis Clube, fundado em 1955, que visava congregar os moradores da área. Com o tempo e o desenvolvimento do bairro e arredores, o clube foi crescendo e atualmente se trata de um dos maiores centros de lazer e atividades socioculturais da zona norte. Uma das atividades de destaque no bairro foi o “Luz e Canto de Natal”, evento que preparava o bairro para os festividades natalinas. Com 8 edições, de 1990 a 1998, era realizado pelo Lindóia Tênis Clube, com apoio de empresários da zona norte e Prefeitura Municipal, e contava com o empenho dos moradores na decoração de suas residências. Jardim Lindóia é um bairro residencial e, mesmo com o comércio existente na avenida Assis Brasil, incluindo o Shopping Center Lindóia, não chega a dar aspecto comercial à região. As atividades comerciais e serviços (rede bancária e escolar) atendem ao bairro e a seus vizinhos. O bairro Jardim Lindóia, oficialmente foi criado e delimitado pela lei nº 2022 de 07/12/1959. 

Referências bibliográficas: FRANCO, Sérgio da Costa. Porto Alegre: Guia Histórico. 2º edição. Porto Alegre: Editora da Universidade/UFRGS, 1992. Arquivo Histórico de Porto Alegre Moysés Vellinho - AHPAMV 

www.portoalegre.rs.gov.br 

www.lindoiatc.com.br